OGIVA NUCLEAR

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

ALERTA VERMELHA.... 
A EQUIPA AUMENTA A CADA MINUTO QUE PASSA.
INTEGRA- SE BOTCHÉ CANDÉ E PEDRO GOMES DA FISCAP.
SABE- SE QUE DE MOMENTO É O NDINHO QUEM ESTÁ POR DETRÁS E DIRIGINDO  AS MOVIMENTAÇÕES QUE PODERÃO ORIGINAR DERRAME DE SANGUE NA NOITE DE HOJE E DIAS QUE SE SEGUEM..., MAIS AINDA, DSP E NDINHO SE ENCONTRAM REUNIDOS..., E ESTES DOIS QUANDO SE REUNEM, NEM MESMO O DIABO TEM PALAVRA OU OPINIÃO.
CASO ALGO ACONTEÇA VINDO POR PARTE DE NDINHO, QUE SE CHAME A DG DA PJ GUINEENSE A BARRA DA JUSTIÇA, PORQUE NDINHO JAMAIS DEVERIA TER SIDO SOLTO DA FORMA EM COMO FOI. AS 03 HORAS DA MADRUGADA.
RECORDAR QUE NDINHO SEMPRE PROCURA CORRÔMPER AS PESSOAS E AQUI NÃO SEI SE FOI O CASO OU NÃO!!!  MAS FICA O ALERTA, LUGAR DE BANDIDO É NA PRISÃO

DOKA INTERNACIONAL CHAMA ATENÇÃO DO ESTADO MAIOR DAS FORÇAS ARMADAS, A CONTRA INTELIGÊNCIA, SERVIÇOS DE SEGURANÇA DO ESTADO, A TODAS AS FORÇAS VIVENTES NO PAÍS:

PREPARATIVOS DE INFILTRAÇÃO DE REBELDES NA NOSSA CAPITAL PARA ALGO SANGRENTO.
REUNIÕES EM FARIM DÃO DE CONTA DE QUE EXISTEM CONTACTOS COM REBELDES PARA O DIA DE AMANHÃ E DIAS QUE SE SEGUEM.

UM AVISO E CHAMADA DE ALERTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA.
FAZEREM USO DESTA INFORMAÇÃO PORQUE É DE FONTE SEGURA.

RECORDAR DE QUE NO PASSADO DIA 3 AGOSTO DE 2015, HAVIA PLANOS PARA O ASSÁSSINATO DE JOMAV.
ONTEM NDINHO SE REUNIU COM ANTÓNIO PATROCINO E LUÍS DE FURKUNTUNDA EM PEFINE.
SEGUNDO INFORMAÇÕES, ABDU CAMARÁ, DR. TCHICO KANFORI CAMARA RECEBERAM INSTRUÇÕES DE NDINHO PARA CRIAR DESACATOS NA NOITE DE HOJE. PARA ARRAJAREM UMA EQUIPA PARA TAL.

CONSELHO NACIONAL DE JURISDIÇÃO DO PAIGC MANDOU CHAMAR PARA AUDIÇÃO OS SEGUINTES DEPUTADOS:
RUI DIÃ DE SOUSA.., ADJA SATU CAMARA...,, AURORA SANÓ..., E TOMANE MANÉ.
KUSSAS KINTI




BRAIMA CAMARÁ
HOJE SEM MARGENS DE DÚVIDAS É O PESO PESADO DO PAIGC.
UM HOMEM QUE QUEIRAM OU NÃO, NINGUÉM O PODE SUBSTIMAR.
NÃO IMPORTA O QUE DELE SE DIGA A MANDO DE DSP.
BRAIMA CAMARÁ CONQUISTOU O SEU LUGAR E HOJE É CONSIDERADO POR MUITOS O HOMEM MAIS FORTE DO PAIGC. 
Vindo de uma familia do interior da Guiné Bissau, pobre e humilde como muitas outras familias, Braima Camará, mais conhecido por Bá Kekuto, batalhou e na base do seu esforço e sacrificio, chegou hoje aonde chegou.   UM EMPRESÁRIO DE SUCESSO e um dos principais.

O internacional puto de manchester, volta a carga quanto aos ataques que este homem tem vindo a sofrer, insultos, injurias, difamação, calúnias, etc.   No meu entender, tudo isto, torna e faz dele mais forte e convicto na luta pelos seus ideais.

Bá.., como os amigos lhe chamam, hoje é amado por muitos e ódiado por alguns.  O que é normal neste mundo de hoje  em que não se pode agradar ao mesmo tempo a gregos e tróianos.

dsp, manda as suas ratazanas atacar ao BÁ Kekuto atravez do seu blog Progresso Nacional, falando do seu passado...., se bem que todos tivemos e temos um passado.  Aonde é que está o problema???

BÁ..., pela sua personalidade, por ser uma pessoa de uma alta carisma na sociedade guineense e no seio do seu partido, fez com que dsp o odiasse de uma forma que o próprio não pode e nem consegue esconder.

Braima Camará, foi o maior vencedôr de Cachéu. Foi a pessoa que mais votos teve e sózinho contra tudo e todos.

Mas o que importa, é de que hoje todos veem o Bá Kekuto como o salvadôr do PAIGC.  Um jovem que sabe se apróximar dos seus camaradas e dizer e fazer- lhes ver o que vai na alma. 

Penso que neste momento, mais do que nunca o PRS, viu que com o DSP apenas poderiam ter uma ligação na base de mentiras e humlihações, porque foi assim que dsp sempre tratou o PRS, um grandioso partido e com grandes homens. Tipo farrapo.
Enquanto que com Braima Camará existe a verdade, a humildade e a decência.

Braima Camará uma vêz me disse que o insulto, a inveja, a violência, era o recurso dos mais fracos.

Mas o único conselho que posso dar ao DSP, é de que desprezar ou substimar ao BÁ, foi um erro fatal e que lhe custou bem caro.
A próxima..., que seja mais verdadeiro e humano para com os seus camaradas.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

ALERTA VERMELHA.
DOKA INTERNACIONAL CHAMA ATENÇÃO DO ESTADO MAIOR DAS FORÇAS ARMADAS, A CONTRA INTELIGÊNCIA, SERVIÇOS DE SEGURANÇA DO ESTADO, A TODAS AS FORÇAS VIVENTES NO PAÍS:

PREPARATIVOS DE INFILTRAÇÃO DE REBELDES NA NOSSA CAPITAL PARA ALGO SANGRENTO.
REUNIÕES EM FARIM DÃO DE CONTA DE QUE EXISTEM CONTACTOS COM REBELDES PARA O DIA DE AMANHÃ E DIAS QUE SE SEGUEM.

UM AVISO E CHAMADA DE ALERTA AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA.
FAZEREM USO DESTA INFORMAÇÃO PORQUE É DE FONTE SEGURA.

RECORDAR DE QUE NO PASSADO DIA 3 AGOSTO DE 2015, HAVIA PLANOS PARA O ASSÁSSINATO DE JOMAV.


TRABALHO INVESTIGATIVO..., DOCUMENTÁRIO, COMO O QUISEREM CHAMAR.
A VERDADE CONTRA A MENTIRA.
JOMAV CONTRA DSP.
TODA A VERDADE PRESTES A CORRER MUNDO.
PREPAREM OS VOSSOS AURICULARES PARA QUEM TIVER A USAR O  COMPUTADOR.
PROCUREM UM SITIO EM QUE A INTERNET SEJA RÁPIDA.
DEPOIMENTOS CHOCANTES. AS PRINCIPAIS RAZÕES E CAUSAS DA LUTA DE JOMAV CONTRA A IMPÚNIDADE.
UMA MULHER DESMEMBRA DE BAIXO ACIMA AO DSP E CIPRAS CASSAMÁ SEM DÓ E SEM PIEDADE.  ARRASA COMPLETAMENTE COM AMBOS.
CADA QUAL AO VER E OUVIR ESTE TRABALHO QUE PENSE COM CALMA E SE PONHA NO LUGAR DO POVO, DAS VITIMAS E DO JOMAV E DEPOIS DIGA:
QUAL SERIA A MINHA POSIÇÃO.
APARTIR DA MEIA NOITE DO DIA 2 DE JANEIRO 2016
A VERDADE CONTRA A MENTIRA
JOMAV CONTRA DSP
A VERDADE ESTA AQUI NO DOKA INTERNACIONAL- O DENÚNCIANTE.

MAIS DAQUI A POUCO VAMOS FALAR DE BRAIMA CAMARÁ- BÁ KEKUTO.
AFINAL QUEM É ESTE FENÓMENO QUE VEIO DE UMA FAMILIA POBRE E HUMILDE?
JÁ DE SEGUIDA..., VOU COMPRAR FEIJÃO NA MERCEARIA..., ARROZ FEIJÃO, ESTOU PREPARANDO O ALMOÇO PARA OS MEUS FILHOS.  FRANGO, SALADA, ALFACE, TOMATE, PEPINO, ETC.
FORAM 8 MESES.
MANTENHAM- SE SINTONIZADOS, JÁ VOLTO

DG DA PJ ABRE O MEU BLOG TODOS OS DIAS.  ELA TAMBEM ME ADORA???  PÔRRA!

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

ÚLTIMA HORA

SEDE DO PAIGC REPLETO DE POLICIAS.
DSP ESCORAÇADO E EM FUGA POR DESESPERO REFUGIA-SE NA SEDE DO PARTIDO.

O ULTIMATO DOS CONSTATÁRIOS COMEÇA A SER SENTIDO NA PRÁTICA.
MAIS DESENVOLVIMENTOS PORQUE AS 24 HORAS DADAS..., ESGOTARAM- SE!
TANAME FENHI...., SAKUR
  
DOMINGOS SIMÕES PEREIRA O MENTIROSO, EM FUGA E REFUGIADO NA SEDE DO PARTIDO
D.G. DA PJ GUINEENSE MAIS UMA VÊZ COMETE OUTRA VIOLAÇÃO QUE VAI EM CONTRA A SEGURANÇA NACIONAL E DOS CIDADÃOS.
A D.G. DA PJ GUINEENSE MANDA SOLTAR UM DOS MAIORES CRIMINOSOS- NDINHO AS 03 HORAS DA MADRUGADA.
DESDE QUANDO??? PORQUÊ???
O DR. SEDJA MAN- PGR, QUE MOSTRE POSIÇÃO FIRME. QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO POSICIONE E FAÇA O SEU PAPEL.
VEM UM ARTIGO CONTRA A PESSOA DESTA FIGURA DE DG DA PJ.
ELA QUE VÁ PREPARANDO UM PROCESSO CRIME CONTRA DOKA INTERNACIONAL.
ÁLIAS..., MAIS UM NA COLECÇÃO.
BANDIDASCU TXIU NA GUINÉ...., TXIU NAN PROPI
SOLTA ALGUIN 03 HORAS DE MADRUGADA.

KÉ GOSSI ANÓSS GUINEENSES I FIDJIDA PUTAS???
NÓ KA TA ODJA???
EXCLUSIVO
CASO ARMANDO CORREIA DIAS- NDINHO..., COM CALÇÕES CURTINHOS NA PJ..., O MESMO AFINAL CHORAVA E IMPLORAVA PARA QUE O LIBERTASSEM DEVIDO A SUA CONDIÇÃO DE SAÚDE POR TER UM TUBO NA BARRIGA E QUE NÃO PODIA DORMIR NA PJ.
FAMILIARES LÁ PRESENTES TAMBÉM CHORAVAM.

BOM, UMA COISA É CERTA..., EU DOKA INTERNACIONAL QUANDO FUI PRESO, NKA TCHORA, INCLUSIVE QUANDO ME PROCURAVAM INTIMIDAR OU OUVIR- ME NAS DIVERSAS VEZES, EU ME MOSTRAVA ARROGANTE, FIRME, DECISIVO E CONVICTO NA MINHA POSTURA..., NUNCA VACILEI.
NDINHO..., NÓ MANSIA TXIU 
CATCHUR DE MERDA!  AH BU TA MEDI, BU TA PANTA!

INFELIZMENTE E COMO SEMPRE, MAIS UMA PROVA DE QUE A JUSTIÇA NA GUINÉ BISSAU NÃO FUNCIONA E DESTA FORMA NUNCA IRÁ FUNCIONAR.
NDINHO FOI LIBERTO ESTÁ MANHÃ.  E SEGUNDO INFORMAÇÕES QUE EU DOKA TIVE MAS QUE ESTOU PROCURANDO AVERIGUAR,  DE QUE HOUVE INTERVENÇÃO DA DG DA PJ PARA QUE O MESMO FOSSE SOLTO.

QUER ISTO DIZER DE QUE UMA PESSOA QUE TENHA QUALQUER TIPO DE PROBLEMAS DE SAÚDE PODE SAIR COMETENDO CRIMES E FICAR IMPÚNE???
ENFIM, I SÓN NA NÓ TERRA MÉ!

MAS EU DOKA ESTOU SEGURO DE QUE NDINHO IRÁ REGRESSAR DE NOVO PARA OS CALABOUÇOS DA PJ E NÃO TARDA

1ª MÃO: FIM DE DOMINGOS SIMÕES PEREIRA NO PAIGC.

Nunca falhamos uma previsão, queda do governo, chumbo do programa, casas, ..., Nunca falhamos.
 
 
Brevemente Domingos Simões Pereira deixará de fazer parte do PAIGC.
 
100% de garantia deste blog.




Mansão de DSP em BISSAU
Dentro de momentos mais casas de DSP
Pedimos a População que se Desloque ao Local em Alto Bandim é ao Lado da Casa do embaixador de Angola, podem confirmar

 
EXCLUSIVO: GARANTIA TOTAL DESTE BLOG
 
FIM DO GOVERNO DE CARLOS CORREIA APAETIR DO DIA 5 OU 6 DE JANEIRO CONFORME ELE PREFERIR.
DSP tem Algumas Horas para Abandonar o Cargo no PAIGC


Ponto de ordem: Não há ninguém que não tenha assumido as suas funções na sequência ou por consequência de um congresso, o de Cacheu neste caso.

Ninguim ka mas ninguém, pabia di kila, contra DSP na koba si koba di djanfa i dibi di lembra bá di kobal fundo.


A comunidade internacional reconhece e dá eco ao aviso em forma de ultimato:

http://www.voaportugues.com/content/contestatarios-de-domingos-simoes-pereira-dao-ultimato-de-24-horas/3122546.HTML


http://www.sapo.pt/noticias/contestatarios-dao-24-horas-ao-lider-do-maior_568186ceccfb490942559e4e


 
EXCLUSIVO
ARMANDO CORREIA DIAS- NDINHO DORMIU NOS CALABOUÇOS DA PJ  E TUDO INDICA QUE ALI IRÁ CONTINUAR.

HOUVE EXISTÊNCIA DE ARMA DE FOGO E TENTATIVA DE ATROPELAMENTO.
TIPICO DE DE FILMES DE GANGSTER.

HÁ QUE RECONHECER O TRABALHO DA DIRECÇÃO GERAL DA PJ, DOS SEUS AGENTES E DO PGR.
APLAUDIR A ESTE CONJUNTO, A ESTA EQUIPA DE PROFISSIONAIS PORQUE PELO MENOS DESTA VÊZ NDINHO NÃO CONSEGUIU SUBORNAR A NINGUÉM.
VIVA DR. SEDJA MAN- PGR.

EU DOKA INTERNACIONAL TINHA AVISADO DE QUE NDINHO IRIA SER DETIDO DE UMA OU OUTRA FORMA.

SÓN KIN KU KA KUNSSI SEDJA MAN.
UM HOMEM INTEGRO E QUE O DINHEIRO NÃO LHE PODE FAZER PERDER O CONTROLE.
PARABÉNS SEDJA MAN

NDINHO, GUINÉ BISSAU I KA CASA DI BU PAPÉ..., DIBÓ STA NA CABA NAN SIM.
TCHOMA DSP PA I LIBERTAU
CATCHUR

Governo, do KOTA CARLOS CAÍParte II
Por  Incompetência de DSP  e Cipriano Cassamá, dão o tiro nos seus próprios Pés, em vez de ser no do JOMAV,  como são as suas pretenções e vontade de espalhar o ódio e a vingança na Guiné.
QUANDO SE JUNTAM, PESSOAS COMO, CIPRAS E DSP, DÁ ESTE RESULTADO, A QUEDA DO GOVERNO DO KOTA CARLOS.
Atenção Povo da Guiné, não há nenhum direito do Programa do Governo ser discutido pela segunda vez, isto porque:
1)       A apresentação do Programa do Governo, a sua discussão e aprovação não é feita em conjunto com a moção de confiança. Só dois BURROS pensariam tal possibilidade DSP E CIPRAS!
Dois institutos jurídicos diferentes, como estes são apresentados e discutidos separadamente, aprendam Senhores,,, que pretendem desgovernar o País conduzindo-o ao ABMISMO.
2)       O Programa do Governo é votado sózinho sem a apresentação de uma Moção de confiança! SÓ NA CABEÇA DE DUAS PESSOAS COMO DSP E CIPRAS!
3)       PORTANTO NÃO HÁ LUGAR A APRESENTAÇÃO PELA SEGUNDA VEZ DO PROGRAMA DO GOVERNO, segundo a nossa Constituíção da República no seu Artigo 104º, n. 1, d)  ACARRETA A DEMISSÃO DO GOVERNO a não aprovação de uma moção de confiança por maioria absoluta dos deputados.

GÓS BÔ NA BIM FALA CUMA CULPA I DE JOMAV ????
JOMAV TEM CULPA DE BÔ TEM GINTIS BURROS E INCOMPETENTES NÔ PUNTA????
JOMAV CAU PERDI TEMPU, CONSTITUIÇÃO FALA, ACARRETA A DEMISSÃO DO GOVERNO, NADA DE HESITAÇÕES, OU SUCUTA BU CONSELHEIROS,  TEMPO I DE TOMADA DI DECISÕES!!!!!!!!!

VIVA JOMAV
 O valor da abstenção

Em abstracto, a abstenção do Deputado  pode ser considerada sob uma de três dimensões: como voto negativo, como voto positivo, como voto neutro, expressão de uma posição agnóstica, sem qualquer significado para efeitos da deliberação. 

Normalmente, o que se discute quanto à abstenção é a se a mesma se equipara a um voto contra. A razão desta abordagem prende-se com o facto de a lei exigir certa maioria para aprovar uma determinada deliberação. Donde que, se essa maioria não é atingida, a deliberação não é aprovada. 

Forma-se, diz-se, uma deliberação negativa. As abstenções relevariam negativamente. Contudo, o argumento é reversível, se a pergunta quanto ao número de votos emitido em cada sentido começar por ser a relativa à determinação dos votos negativos. Se na plenária se encontram os titulares ou representantes de 101 votos e se os que votam contra não forem suficientes para impedir a maioria necessária à aprovação, então a deliberação dir-se-ia aprovada. 

Caso em que as abstenções contariam favoravelmente. Na verdade, o Deputado que se absteve não votou contra, donde que não pretendeu impedir a aprovação da deliberação. Assim, formar-se-ia uma maioria positiva, na medida em que os votos negativos fossem em número inferior à maioria requerida pela lei ou pelos estatutos. Contudo, quer um quer outro dos sentidos é arbitrário, porquanto atribui aos Deputados abstencionista uma intenção que ele, de todo, não expressou. O que ele exprimiu é que não pretende exprimir-se, não pretende tomar uma posição. Adopta, pois, uma posição agnóstica.

Assim, o respeito da atitude do Deputado passa por não dar qualquer relevância, nem positiva nem negativa, à sua abstenção. Como? Não contando os seus votos para efeitos da determinação do denominador da fracção (quórum deliberativo) correspondente à maioria exigida na lei ou no Regimento. Por outras palavras,  à abstenção não se atribuirá qualquer significado deliberativo, respeitando a intenção de neutralidade manifestada pelo interessado.  
É justamente esta ideia que a lei terá querido exprimir no Regimento da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau.  Nos termos deste preceito, as abstenções não são tidas em conta para determinar se sobre uma proposta se fez maioria, no sentido da sua aprovação ou da sua rejeição. Por outras palavras, quer para efeitos de se apurar uma maioria positiva (aprovação), quer para se apurar uma maioria negativa (rejeição) não se entra em linha de conta com as abstenções. E percebe-se que a lei tenha mencionado maioria quer no sentido da aprovação quer no sentido da rejeição, pois que, quando uma proposta não obtém o número de votos necessários, diz-se que se formou uma deliberação negativa, o que supõe, em regra, que se formou uma maioria negativa. Por isso, a lei teve o cuidado de dizer que nem para a maioria que determina a aprovação, nem para a que implica a rejeição se podem considerar os votos dos Deputados  que se abstiveram.
Assim sendo, deparamo-nos com a terceira das alternativas indicadas, como forma de dar resposta à preocupação e determinação da lei: não contar as abstenções, o mesmo é dizer o números dos votos a que as mesmas correspondem, é relevante para o apuramento da maioria exigida na lei.  Dizemos em regra, porque nem sempre a rejeição de uma proposta, uma deliberação negativa, pois, pressupõe uma maioria negativa , ou pelo menos uma situação de empate, já que este, por definição, significa que não se formou uma maioria positiva . Como para serem aprovadas necessitam de obter dois terços dos votos correspondentes ao números dos Deputados, basta uma minoria de votos igual ao número inteiro superior a um terço dos votos emissíveis para que a proposta seja rejeitada.
 Desconsideração das abstenções apenas quando seja possível uma maioria positiva ou negativa?

Desde que a lei menciona maioria, e já não uma minoria que impeça a aprovação da deliberação, será que se pode dizer que a lei terá tido em vista apenas os casos em que é possível formar-se uma maioria num sentido ou noutro? Entendamo-nos: se nos casos indicados :

a) é possível formar-se uma maioria quer positiva, quer negativa, no primeiro caso considerando-se aprovada a deliberação, e no segundo rejeitada, já no que respeita à

b), isso não é possível. Na verdade, para a aprovação das deliberações aí indicadas, é necessário que a proposta obtenha votos correspondentes a dois terços de todos os votos possíveis, pelo que um número de votos superior aos correspondentes a um terço do total determina a rejeição da proposta.

Com o que a lei não teria tido em vista no Regimento da Assembleia Nacional  o único caso em que é possível formar-se uma maioria positiva ou negativa.
O que, por sua vez, explicaria a diferença de redacção entre a Constituição da  República e o Regimento da ANP.  Na verdade, naquele, a lei limita-se a dizer que os votos dos Deputados, que se encontrem em situação de conflito de interesses, não são contados para a determinação da maioria exigida na lei ou no regulamento. 

Não diz a lei, contrariamente ao do Regimento , se a maioria é a referente à aprovação ou rejeição da proposta. Embora, pelo contexto, seja claro que apenas tem em vista a necessária à aprovação, já que a lei ou o Regulamento  apenas mencionam maiorias para a aprovação da deliberação. 

Por conseguinte, enquanto os votos do impedido legalmente de votar não seriam tidos em conta para a determinação da maioria, provocando uma subtracção dos mesmos ao total, para efeitos de determinação do número relevante, do denominador pois, os votos dos abstencionistas apenas seriam subtraídos quando pudessem, em abstracto, contribuir para a formação de uma maioria positiva ou negativa. 

Donde que, para efeitos da maioria , se devesse descontar os votos dos impedidos legalmente de votar, mas já não as abstenções, pois não pode formar-se, quanto às deliberações em questão, uma maioria negativa. Apenas uma maioria positiva, que está, ela sim, dependente de não se formar uma minoria negativa, que se assume de bloqueio. 
Esta ideia seria ainda confortada com o seu confronto com a solução consagrada nas normas ou seja regras de funcionamento da ANP. 

As deliberações se consideram aprovadas pela maioria absoluta dos votos correspondentes ao numero de Deputados  presentes ou representados na ANP, e antes da regra relativa à maioria qualificada necessária para as deliberações a que se refere no Regimento da ANP e da Constituição da Republica, com o que a lei teria querido limitar às situações , a não relevância das abstenções. Se pretende que todas as deliberações, independentemente de se tratar de deliberações para as quais é suficiente a maioria absoluta ou de deliberações para as quais é necessária maioria qualificada, tê-la-ia colocado ou no início ou no fim do preceito, e se entenderia por se ter querido restringir às situações ,a irrelevância das abstenções, pois apenas quanto a elas se pode falar de maioria de aprovação ou de rejeição. 

Mantendo-se a regra de que, quanto às deliberações indicadas , as maiorias aí indicadas são inarredáveis. 
Assim sendo, 
Que dizer?
Trata-se de argumento literal muito frágil, porquanto a lei teve em vista a hipótese típica da deliberação aprovada por maioria simples. Depois, provaria demais, porquanto para a rejeição de uma proposta não é necessário que se forme uma maioria de votos contrária à mesma, basta um número de votos igual aos positivos. O empate na votação significa, como vimos, que a proposta não obteve uma maioria, que é sempre representada por um número de votos favoráveis superior aos desfavoráveis. 

Donde que, não se tendo formado a maioria requerida na lei, o empate representa uma não aprovação ou rejeição da proposta posta à votação. Desde que o empate é sempre possível em abstracto, não haveria nenhuma caso em que se pudesse formar apenas uma maioria negativa ou positiva, pelo que a norma não teria qualquer espaço de aplicação.


Depois, porque, se é verdade que basta uma minoria de mais de um terço para impedir a aprovação das deliberações indicadas , isso não impede, obviamente, que se forme uma maioria negativa. Que o número de votos negativos seja superior ao dos positivos. 
 Governo, do KOTA CARLOS CAÍ

REZA, A CONSTITUÍÇÃO DA REPÚBLICA DA GUINÉ BISSAU NO
Artigo 104º 1- Acarreta a demissão do Governo:
a) O início de nova legislatura;
 b) A não aprovação pela segunda vez consecutiva do Programa do Governo;
c) A aceitação pelo Presidente da República do pedido de demissão apresentado pelo Primeiro-Ministro;
 d) A aprovação de uma moção de censura ou não aprovação de uma moção de confiança por maioria absoluta dos deputados em efectividade de funções;
e) A morte ou impossibilidade física prolongada do Primeiro-Ministro. )
Tendo em conta os resultados da votação da Moção de Confiança solicitada pelo Kota Carlos, ou sejam 45 a favor e 65 abstenções, resultando na não obtenção de uma maioria absoluta pelo Kota nas votações para a aprovação da sua Moção de Confiança, isso, face a nossa Constituição à luz Artigo 104º, n. 1, d)  ACARRETA A DEMISSÃO DO GOVERNO!

PORTANTO SÓ RESTA UMA ATITUDE AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DA GUINÉ BISSAU, JOMAV, NO CUMPRIMENTO DA NOSSA CONSTITUÍÇÃO DA REPÚBLICA, A IMEDIATA DEMISSÃO DO GOVERNO DO KOTA CARLOS!!!!!!!!!!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

EXLUSIVO
ARMANDO CORREIA DIAS- MAIS CONHECIDO POR NDINHO..., CONFIRMADO E COM TODA A CERTEZA:
VAI PASSAR A NOITE NOS CALABOUÇOS DA PJ DE BANDIM POR TENTATIVA DE ASSÁSSINATO A DOIS JOVENS GUINEENSES:
RUFINO LOPES E JULIÃO AGOSTINHO!!! E SERÁ APRESENTADO POSTERIORMENTE AO MINISTÉRIO PUBLICO.

RECORDAR QUE DOKA INTERNACIONAL SEMPRE ACUSOU AO NDINHO DE TER UMA MENTALIDADE SANGUINÁRIA..., POIS BEM AS PROVAS ESTÃO AQUI
CHEGOU O PRINCIPIO DO FIM DE NDINHO

NDINHO DETIDO NESTE MOMENTO.
CONTINUEM SINTONIZADOS PORQUE A COISA VAI AQUECER E PROMETE.

NBOM, PA KA I BIN FASSIDU DE MINDJER NA CALABUSS...., PABIA PRESIONERUS PUDI CUNFUNDI SI RABADA KU RABADA DI MINDJER...., ADJALLA!!!
EXCLUSIVO
ARMANDO CORREIA DIAS- NDINHO
 NESTE MOMENTO NA POLICIA JUDICIARIA DA GUINÉ BISSAU
NDINHO LEVADO PARA PJ POR TENTATIVA DE ASSÁSSINATO A DOIS JOVENS:
RUFINO LOPES 

E
JULIÃO AGOSTINHO!
MAIS DESENVOLVIMENTOS.
A EQUIPA DE DOKA INTERNACIONAL NESTE MOMENTO ESTÃO FRENTE A PJ DE BANDIM.

AGORA O DOKA INTERNACIONAL PERGUNTA AO DELEGADO DO MINISTÉRIO PÚBLICO QUE TEM O MEU CASO COM O NDINHO E QUE ME CHAMAVA QUASE TODOS OS DIAS PORQUE EU NOTICIAVA AS BANDIDAGENS DO CABRÃO:
E AGORA??? ALGUMA COISA A DIZER???
O DOKA INTERNACIONAL NÃO MENTE, EU SOU DA VERDADE.
VOLTO JÁ COM ESTE ASSUNTO
AHHH SE VOU VOLTAR.



Contestatários "dão 24 horas" ao líder do maior partido da Guiné-Bissau para abandonar o cargo

LUSA
Um grupo de dirigentes contestatários ao líder do PAIGC, principal partido da Guiné-Bissau, deram hoje 24 horas a Domingos Simões Pereira para abandonar o cargo, sob pena de acionarem mecanismos estatutários para o fazerem.
Contestatários "dão 24 horas" ao líder do maior partido da Guiné-Bissau para abandonar o cargo
Em nome dos contestatários a Domingos Simões Pereira, José Saico Baldé, que se apresentou como dirigente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), acusou Simões Pereira de "desvio de fundos, delapidação do erário público e desrespeito aos estatutos" do partido.
Baldé falava aos jornalistas à margem de uma conferência de imprensa promovida pelos dirigentes do PAIGC que contestam a liderança de Domingos Simões Pereira, entre os quais os deputados do partido que no passado dia 23 deste mês se abstiveram no momento dos debates do Programa do Governo no Parlamento.
"Somos dirigentes, militantes e simpatizantes do PAIGC preocupados com o mau comportamento do líder do partido que enganou toda gente em como era capaz de organizar o PAIGC", afirmou José Saico Baldé.
O grupo entende que o partido, que venceu as últimas eleições legislativas no país, com uma maioria absoluta, mas afetado por disputas internas, tem apenas 36 meses para se preparar para um novo embate eleitoral.
"Se Domingos Simões Pereira não se retirar (da liderança do PAIGC), vamos mostrar-lhe que não é ninguém", avisou José Saico Baldé.
Fonte da direção do PAIGC disse à Lusa que o partido não pretende reagir "por enquanto", remetendo qualquer posicionamento para depois das reuniões do ´bureau´ político, que hoje decorre, e do Comité Central, previsto para terça-feira.
Já numa nota lida à imprensa, o grupo de contestatários a Domingos Simões Pereira pediu ao Presidente guineense, José Mário Vaz, para que demita o atual executivo se no dia 05 de janeiro o primeiro-ministro, Carlos Correia, não voltar ao parlamento com o novo Programa do Governo.
A direção do PAIGC considera que o Programa do Governo foi aprovado na votação do passado dia 23 deste mês, porque 45 deputados votaram a favor do documento, nenhum votou contra e houve 56 abstenções.
Para o PAIGC, o regimento do Parlamento guineense diz que as abstenções não contam para o apuramento da maioria, posição rejeitada pelos contestatários para quem a "votação foi clara".
O Programa do Governo foi rejeitado pelo Parlamento, dizem os contestatários à direção do PAIGC pelo que, avisam, o primeiro-ministro, Carlos Correia, tem até dia 05 de janeiro para voltar a apresentar novo documento aos deputados, sob pena de ser demitido.
MB // VM
Lusa/Fim

domingo, 27 de dezembro de 2015

NA TCHÓMA NOMI...., NA TCHÓMA!!!
AQUI ESTÁ A CARA DO HOMEM, 
ANIZIO INDAMI..., CONSELHEIRO DE JBV PARA ÁREA ECÓNOMICA.
ANIZIO INDAMI, É A PESSOA QUE TEM ESTADO A INSULTAR AO PRESIDENTE JOMAV NA SUA PRÓPRIA MÃE, INSULTOS NOJENTOS E INCENTIVO A TAL " PRIMAVERA ÁRABE "
COMO SE NÃO BASTASSE ANIZIO INDAMI ATACA AOS INSULTOS AO BRAIMA CAMARÁ..., BACIRO DJÁ E A MAIS ALGUMAS PERSONALIDADES.
DESAFIO AQUI PÚBLICAMENTE AO PGR, PARA QUE ME CONFRONTE, UMA ACAREAÇÃO..., CARA A CARA COM ESTE INDIVIDÚO.
O DOKA INTERNACIONAL DESAFIA AO DR. SEDJA MAN- PGR PARA QUE ME CHAME A APRESENTAR PROVAS.
DESAFIO AOS SERVIÇOS DE SEGURANÇA DO ESTADO TAMBÉM PERANTE ESTA SITUAÇÃO.
ANIZIO INDAMI, É A PESSOA QUE USA AS EXPRESSÕES DE INSULTOS MAIS GRAVISSIMOS QUE SE POSSA CONSTATAR NO PROGRESSO NACIONAL.

EXCLUSIVO
NA TXOMA NOMI..., BÓ TADJA DOKA INTERNACIONAL, NA TXOMA NOMIIIII
DESCOBRIU- SE O NOME DA PESSOA QUE MAIS INSULTA AO PRESIDENTE DA REPUBLICA.   OS INSULTOS MAIS NOJENTOS AO JOMAV, BRAIMA CAMARÁ E BACIRO DJÁ E A MAIS FIGURAS QUE SÃO PUBLICADOS NO PROGRESSO NACIONAL.
NA TCHÓMA NOMI...., A DJAMILA É APENAS UM PEIXINHO NO AQUÁRIO, E ESTA PESSOA QUE FAZ ISTO, PASSA DESPERCEBIDO MAS É MUITO PERIGOSO.  NA TCHOMA NOMI..., BÓ TADJAN!

DESCOBRIU- SE!!!

sábado, 26 de dezembro de 2015

RTP Confirma Chumbo do Programa do Governo - Ouvi através deste link

RTP Confirma Chumbo do Programa do Governo
Este blog é o único que vai a procura da verdade até a descobrir. Esta reportagem demonstra ainda que depois de tanta mentira que DSP contou, já não tem cobertura e proteção da RTP, coloque os auriculares e oiçam  a verdade "o programa do governo foi chumbado".
Brevemente neste blog um trabalho investigativo.


Ouvir AQUI
 BOMBÁSTICO!!!!
CARMELITA PIRES MAIS UMA VEZ MOSTRA OS PODRES DO DSP E DE CIPRIANO CASSAMÁ.
AVERIGUEM O PONTO EM QUE CARMELITA FAZ A CHAMADA DE ATENÇÃO, ALIAS EM VÁRIOS MOMENTOS ELA DESMASCARA A BANDIDAGEM!!!



" O referido comunicado engana-se no artigo de referência, pois o 88.º, pelo menos na versão que possuo do Regimento da ANP, não contém esse texto (nem sequer tem número 4). 

O DOKA INTERNACIONAL PEDE E ALERTA AO PRS, A ALA DE BRAIMA CAMARÁ COMO DIZEM, PARA QUE SE APRÓXIMEM DE CARMELITA PIRES, PORQUE AQUI HÁ GATO....., E DOS GRANDES MAS BEM FEDORENTO.

PENA QUE EU DOKA NÃO TENHO O CONTACTO DELA, QUEM O TIVER, AGRADEÇO.
SOU PROFISSIONAL E HÁ QUE SEPARAR AS AGUAS.
AGUARDO, SEMPRE CONSEGUI OS CONTACTOS ATRAVEZ DO MEU BLOG..., OU ENVIEM- ME O CONTACTO ATRAVEZ DO MEU TELEMOVEL

0044. 7934. 03.1799- DOKA INTERNACIONAL


EXCLUSIVO
NA TXOMA NOMI..., BÓ TADJA DOKA INTERNACIONAL, NA TXOMA NOMIIIII
DESCOBRIU- SE O NOME DA PESSOA QUE MAIS INSULTA AO PRESIDENTE DA REPUBLICA.   OS INSULTOS MAIS NOJENTOS AO JOMAV, BRAIMA CAMARÁ E BACIRO DJÁ E A MAIS FIGURAS QUE SÃO PUBLICADOS NO PROGRESSO NACIONAL.
NA TCHÓMA NOMI...., A DJAMILA É APENAS UM PEIXINHO NO AQUÁRIO, E ESTA PESSOA QUE FAZ ISTO, PASSA DESPERCEBIDO MAS É MUITO PERIGOSO.  NA TCHOMA NOMI..., BÓ TADJAN!

DESCOBRIU- SE!!!
CHUMBADO, DIZ A COMUNIDADE INTERNACIONAL
 
CHUMBADO DIZ O CIPRIANO QUE É PRESIDENTE DA ANP
 
CHUMBADO DIZ O LIDER DA BANCADA DO PAIGC
 
CHUMBADO DIZ O PRS
 
CHUMBADO DIZEM OS OPOSITORES DE DSP NO PAIGC
 
Este blog é o único que vai a procura da verdade até a descobrir. Esta reportagem demonstra ainda que depois de tanta mentira que DSP contou, já não tem cobertura e proteção da RTP, coloque os auriculares e oiçam  a verdade "o programa do governo foi chumbado".
Brevemente neste blog um trabalho investigativo.
 

CARMELITA PIRES VOLTA A DETONAR AO DSP.  

ARREBENTA POR COMPLETO COM ELE E NÃO SÓ.  LEIAM ALGUNS TRECHOS


«sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

 
 
 
O jogo do quem ganha perde
 
As crianças mal criadas, quando perdem num jogo, ficam aziadas e tentam subverter as regras. Chegam mesmo a ter a maldade de dizer «não sabias que estávamos a jogar ao jogo do quem perde ganha?».
Por vezes, nos campeonatos de futebol, certas equipas (outra vez: as que perdem) refugiam-se em pequenos pormenores, para conquistar na secretaria aquilo que não conseguiram em campo.

Numa comparação futebolística com o PAIGC, a balança fica ainda mais desequilibrada, pois não só é «dono» do campo, da bola (e até da bandeira!), como do próprio árbitro.

Com estes últimos acontecimentos, querem confundir-nos, invocando interpretações enviesadas do regimento da ANP, com pretensa fundamentação jurídica, ao defender em comunicado que o Programa de Governo «foi aprovado». Esse comunicado foi enviado para a RTP e para a LUSA. No entanto, os jornalistas da Agência não se deixaram manipular e denunciam este caso noartigo preparado, em tom irónico: a palavra «afinal» (que acrescentaram ao «foi aprovado») é reveladora. Como os jornalistas frisam, «o presidente do Parlamento, Cipriano Cassamá, e o próprio primeiro-ministro, Carlos Correia, ambos dirigentes do PAIGC, reconheceram, logo após a votação, que o documento tinha sido chumbado pelos deputados, pelo que o Governo tem 15 dias para voltar a apresentar aos deputados o seu programa.» 
Mas voltando aos factos. O referido comunicado engana-se no artigo de referência, pois o 88.º, pelo menos na versão que possuo do Regimento da ANP, não contém esse texto (nem sequer tem número 4). Mas a questão não é essa, e saltando aquilo que presumo ser uma gralha, o artigo em questão serve para significar exactamente o contrário daquilo que pretende o comunicado do PAIGC. A aprovação é um acto activo (passe o pleonasmo) e por isso o legislador previu a figura da «não aprovação». Para a aprovação eram necessários 51 votos (faltava um deputado), e todos concordavam serem essas as regras do «jogo». Da soma de votos a favor do PAIGC e de mais dois partidos apenas resultaram 45 votos a favor, como tinha divulgado a notícia da Lusa pouco antes. Não se pode pretender contar com a abstenção dos deputados do PAIGC, pois conforme estabelecido no número 4 do artigo 79.º, «as abstenções não contam para o apuramento da maioria».
A Presidente
Carmelita Pires